"Vivemos numa realidade fundamentada em regras e "certezas" que nos conduzem a um estado padronizado, que por sua vez é alvo de constante desconstrução por aquelas que estão abertas à reflexão. Paradigmas que vieram antes de nos são (e serão) questionados a todo momento por aquelas que não se conformam com "verdades dadas".
Quando abertas às duvidas, caímos numa espiral de eternas construções e desconstruções.
Uma busca desta exposição é criar um espaço sem regras, ou seja, onde toda pessoa seja livre e autêntica para ler cada imagem e cada construção e desconstrução de conceitos propostas. O convite também é para que todas possamos encarar uma reflexão que foi central em todo o processo desta exposição:
O que seríamos de nós se nos esvaziarmos completamente?
[...]"

Mural (1,84m x 1,60) feito para exposição com caneta nanquim. 

"[...]
Gerada em um aparelhos celular durante suas viagens mundo afora, e exposição Eternas [des]construções é um conjunto de fotografias, desenhos, gráficos, montagens, sobreposições de cores e estéticas. Produzida pelo Laboratório do Felis, uma comunidade para produção de conteúdo artístico e filosófico, esta exposição foi idealizada e construída num infinito processo de [re]aprendizagens. A proposta aqui é jogar com formas, cores, texturas e realidades, numa brincadeira de sobrepor o que trangride e questiona normatividades e conceitos tidos por normais, recriando inúmeras imagens em uma só."

Historiadora, professora e amiga
Todas as fotografias usadas na criação das montagens e gráficos são de autoria de Felis Dos.
As fotografias são resultado de uma parceria de Felis Dos com a performer Piton Niza
O mural e os desenhos foram todos feitos manualmente.
Eternas [des]construções foi exibida na Vila Cultural Cora Coralina, Goiânia, GO (BR) entre as datas 22.nov.2017 e 22.12.2017​​​​​​​
Back to Top